Você acredita que o gerente do banco é seu consultor financeiro?

Gerentes de bancos, assessores financeiros e outros profissionais podem ser muito bons. O trabalho deles é importante para você e pode ser muito benéfico. Mas eles representam uma instituição financeira e por mais bem intencionados que estejam, estão limitados a venda de produtos, e aos produtos que podem oferecer.

O pensamento de que de o gerente de banco é seu consultor financeiro é o tema do 7º mito sobre dinheiro.

Continue lendo

5º Mito sobre dinheiro

“Deixo meu dinheiro na poupança porque é mais seguro, não quero correr risco de investir”. Você já ouviu isso antes?

Pois trata-se de mais um mito. Entenda a seguir o porquê disso.

A caderneta de poupança, como é chamada, é um investimento em um banco. A garantia que você tem no caso do banco não honrar os compromissos, é a do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) em investimentos até R$ 250 mil, por investidor, por instituição. Essa entidade privada tem capacidade de honrar com algo entre 2% e 5% de todo capital investido. No caso de uma crise no sistema financeiro brasileiro, você vai torcer para este fundo honrar os investimentos em grandes bancos privados?

Continue lendo

4º Mito sobre dinheiro

Já deixou de pagar a fatura total do cartão de crédito paras ganhar um fôlego no final do mês?

Conheça agora as novas regras do cartão de crédito, e estratégias mais inteligentes para conseguir aquele respiro no final do mês!

Não se iluda. Não pagar o valor total da fatura do cartão de crédito é não só empurrar o problema para o mês seguinte, mas aumentar o tamanho do seu problema.

Continue lendo

3º Mito sobre dinheiro

“Evite crédito e pagamentos parcelados”

Você já ouviu isso antes? Já leu essa recomendação em blogs e sites especializados? Esqueça tudo isso.

Imagine que você teve uma ótima ideia, aquele insight brilhante. Você testa essa ideia, e ela tem ótima aceitação no mercado, as pessoas te procuram pela sua ideia. Você calcula seus custos, observa o preço de venda e percebe que pode transformar ideia em negócio. Um sonho! Só tem um problema: você não tem todo o dinheiro necessário para investir no seu negócio. Você não tem o capital que poderia te levar a sua independência financeira.

O que você faria? Esperaria juntar esse dinheiro? É uma opção, com certeza. Mas, encontrar um sócio, um patrocínio ou conseguir um empréstimo, um financiamento, certamente são possibilidades bem interessantes. Esse crédito pode significar o seu sucesso!

Vamos imaginar outra situação. Você precisa trocar de carro. Passa anos e anos juntando o dinheiro, e compra seu carro a vista. Consegue até um desconto, e agora não tem juros para pagar, isso não é bom? Não. Agora que você gastou tudo, qual sua reserva financeira para uma emergência?

A decisão de adquirir ou não crédito no mercado depende de algumas variáveis. Primeiro, se esse crédito significa uma oportunidade de renda futura, como um negócio próprio. Caso seja um bem, se este bem é durável e essencial, como uma casa. É importante também analisar o risco envolvido, e se as parcelas vão caber no seu orçamento com folga. A decisão entre crédito e seu próprio dinheiro também deve considerar quanto você terá de reserva de emergência após o investimento.

Imagine que seu negócio não vá muito bem nos primeiros meses, o que é normal, ou que você tenha uma oscilação de renda no seu emprego. Por quanto tempo você consegue manter suas despesas sem precisar contrair um novo empréstimo para isso?

Continue lendo

2º Mito sobre dinheiro

“Preciso ganhar mais para conseguir guardar diheiro, investir e ficar rico!”

Quantas vezes você já ouviu isso? Quantas vezes você disse isso?

O que você gostaria de fazer? Comprar um carro, viajar mais, ficar rico? O que é ser rico para você? Ter tempo para cuidar de sua família, ter amigos, conforto, poder viajar o mundo? Você pensa que quem ganha muito tem mais dinheiro, e por isso pode fazer o que quiser, inclusive ficar rico?

Você olha para seus gastos e diz: se eu ganhasse o dobro, conseguiria guardar metade do meu salário, eu iria ficar rico. Preciso ganhar mais!

Ganhar mais não seria problema nenhum, mas pensa comigo:

Se você tivesse um aumento de 10% no seu salário, hoje, o que você faria? E se ganhasse 20% a mais? Assim você poderia pensar em comprar um carro? Renovar o guarda-roupas? Comprar aquilo que você vem adiando por não ter dinheiro? Se você foi honesto, provavelmente pensou em alguma forma de consumo.

Você pode até dizer “ah, isso seria nos primeiros meses, depois eu iria guardar esse dinheiro”. Iria mesmo? Não se engane. Esse é o motivo de muitas pessoas com altos salários não conseguirem guardar dinheiro, e isso é muito comum.

Para ficar rico, ou simplesmente ter uma situação mais confortável, é preciso uma nova mentalidade. É importante conhecer melhor seu eu financeiro, ser honesto consigo mesmo. É necessário trabalhar sua Inteligência Financeira. Falta de tempo e de dinheiro é questão de prioridade!

Desenhe seus sonhos, seu objetivos. Visualize quando você vai alcançá-los. O segundo passo é calcular quanto você precisa poupar para cada um desses sonhos. Pesquise quanto custará o que você quer, e divida pelo tempo que você determinou. Escolha um dos objetivos e comece, guardando mês a mês esse dinheiro. Faça isso assim que o dinheiro cai na sua conta, se possível de forma automática. Redistribua os gastos em função disso. Coloque cada sonho, um de cada vez no seu orçamento. Essa é a hora de investir, de acelerar sua realização. Se você tem 1 real, você é um investidor, não se iluda.

Dinheiro é solução, não é um problema!

Você consegue poupar dinheiro para seus objetivos? Comente nesse post.

Aproveite e veja o 1º mito aqui.

 

Muita sabedoria pra você!

Victor Moreira

1º Mito sobre dinheiro

“Entre ser feliz ou ficar rico, prefiro ser feliz”

Este é o primeiro mito que vou tratar nesta série de 7 mitos sobre dinheiro.

 

 

 

De onde vem este pensamento de que, para ser rico ou ter uma vida financeira mais confortável, é necessário abrir mão da felicidade no presente?

Este pensamento está baseado na crença de que é necessário reduzir seu conforto e sacrificar o lazer para se guardar dinheiro. Deixar de sair com os amigos ou de tomar seu café predileto, por exemplo.

Na verdade, qualquer sacrifício que cause redução de qualidade de vida será apenas temporário e ineficaz. Por mais força de vontade que você tenha, vai haver uma recaída, e todo o plano irá por água abaixo.

O segredo está em adequar o padrão de consumo, encontrar formas de gastar menos mantendo a qualidade de vida. Descobrir formas mais econômicas ou alternativas mais baratas para encontrar o prazer, o relaxamento, o conforto que você merece. Isso exige trilhar um caminho de conhecimento: de si mesmo, e do mercado.

Um consultor em finanças pessoais irá te auxiliar nisso. Ao perceber que você está conseguindo guardar dinheiro ao final do mês, você provavelmente se sentirá mais feliz do que antes, quando você dizia priorizar sua felicidade consumindo todo seu salário.

O que você achou deste mito? Deixe seu comentário.

Até a próxima, quando trataremos de mais um mito: “Preciso de um alto salário para ser rico”.

Um abraço, muita sabedoria a todos!

Victor Moreira

Por que a V3M?

A V3M Finanças Pessoais é uma Consultoria totalmente independente, isenta, focada em você!

O mercado financeiro é hoje dominado por Instituições Financeiras, com ótimos profissionais capacitados que trabalham buscando o seu melhor, mas que devem atender aos interesses da instituição em que trabalham e que às vezes dependem de corretagens baseadas no que te recomendam.

Com um Consultor Financeiro, o cenário é outro. O foco é totalmente em você! Se quiser ler um pouco mais sobre o trabalho de um consultor independente, clique aqui ou aqui. Continue lendo

Afinal, o que é uma consultoria financeira?

Todos os dias nos deparamos com decisões que, de alguma forma, envolvem dinheiro. Comprar uma peça nova de roupa, jantar em um restaurante agradável, levar a família para um fim de semana na praia. São as decisões do dia-a-dia que formam nosso padrão de vida, e nos trazem prazer, conforto. Você gostaria de ter uma vida mais confortável?

Na verdade, nossa capacidade de ganhar e guardar dinheiro definem até mesmo os sonhos que podemos nos permitir ter, não é verdade? Trocar de carro, sair do aluguel, realizar a viagem dos sonhos, um emprego novo, uma carreira nova, abrir o próprio negócio! O que você faria para garantir a conquista dos seus sonhos?

Quantas vezes dinheiro se torna um problema e limita nossas possibilidades? Isso já aconteceu com você? Já teve receio de abrir um boleto? Sim? Não!! Dinheiro é solução! Dinheiro é o meio que nos possibilita alcançarmos nossos objetivos! Continue lendo